Simposium 2014 - Português

Imprimir

Simposium EDiSo 2014 - Seminários

. Publicado en Simposium 2014 - Português

Simposium584Seminário 1: Discurso, movimentos e redes sociais
Coordenação: Adil Moustaoui e Luisa Martín Rojo

Neste seminário serão analisadas dimensões distintas da configuração do discurso nas e sobre as redes e os movimentos atuais de contestação social.  De uma perspetiva interdisciplinar, abordaremos questões como: a configuração das práticas comunicativas nestes movimentos sociais e políticos; o papel do multilinguismo na participação e na internacionalização; a transformação do espaço urbano e do espaço político através das práticas comunicativas; a comunicação nas redes sociais, e, por fim, o discurso (mediático, político e parlamentar) sobre os movimentos sociais.

Sem excluir outros temas, valorizam-se as comunicações que abordem as seguintes questões:

  • Como se articulam as práticas comunicativas nos movimentos sociais com os valores, as ideologias e as sociedades por que lutam?
  • Que papel desempenha o multilinguismo no seio dos movimentos de contestação?
  • Como contribuem as práticas comunicativas na construção do espaço urbano e no alargamento do espaço político?
  • Quais são as chaves das representações e contra-representações discursivas destes movimentos?
  • Que papel têm desempenhado as redes sociais relativamente às questões colocadas nas perguntas anteriores?

O debate do seminário articula-se em torno destas e de outras questões que surjam no decorrer da discussão.


Simposium584Seminário 2: Discurso, humor e género
Coordenação: Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo. e Olga Cruz Moya

Este seminário pretende compreender de forma mais aprofundada o humor como facto pragmático, entendido acima de tudo como manifestação discursiva. O humor pode explicar-se através de diversas propostas linguísticas, como sejam a relevância, a linguística cognitiva ou a Teoria Geral do Humor Verbal, assim como se oferecem explicações psicológicas distintas do seu uso (teoria da descarga, teoria da superioridade, teoria da incongruência). Estarão em causa, portanto, diversas abordagens ao humor. Por outro lado, o uso do humor desencadeia diferenças marcadas pelo género como variável, tornando evidentes comportamentos diferentes. Na verdade, o humor é um facto pragmático que se articula com variáveis sociais como a idade, o nível sociocultural ou o género. Diversos trabalhos, fundamentados em corpus, têm evidenciado diferenças no uso do humor marcadas pela variável género, em que se tomam em linha de conta aspetos como a identidade sexual, os estereótipos ou a conceptualização destes aspetos feita no uso do humor.

Sem excluir outros temas, valorizam-se as comunicações que abordem as seguintes questões:

  • Pode o humor ser analisado do ponto de vista linguístico?
  • Como influem neste facto pragmático os géneros e textos de que se alimenta?
  • Que diferenças sociais, cognitivas ou culturais se observam no seu emprego?
  • Será possível ensinar-se/aprender-se como o humor se usa numa determinada comunidade?
  • Será que homens e mulheres utilizam o humor da mesma forma?
  • Como o humor age na construção da identidade de género?
  • Haverá diferenças nos discursos humorísticos planeados — anedotas, monólogos, paródias, etc. — por razões de género?
  • Se o humor é estratégia na conversação espontânea, como influi o género no seu emprego?
  • Que outros aspetos caberiam ser considerados, como a igualdade social dos participantes, a idade e a classe social?
  • Existirão variáveis sociais, culturais, antropológicas, cognitivas, biológicas ou psicológicas que permitam fundamentar a existência de  comportamentos linguísticos diferenciados de homens e mulheres face ao humor?

O debate do seminário articula-se em torno destas e outras questões que surjam no decorrer da discussão. Serão bem-vindas as contribuições que, em torno do tema principal da linguística do humor, desenvolvam aspetos sociais, cognitivos ou culturais.


Simposium584Seminário 3: Discurso e saúde
Coordenação: Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo. e Antonio Bañón Hernández

Este seminário tem como objetivo conhecer algumas das principais linhas de investigação em torno da análise do discurso sobre a saúde e sobre a doença. A análise, a partir de perspetivas metodológicas diversas, das diferentes interacções que ocorrem em contextos sócio-sanitários, será um dos temas privilegiados. Também será abordada a representação discursiva que se faz das pessoas con determinadas patologias nos meios de comunicação, em textos artísticos, no discurso judicial, educativo ou empresarial.

Sem excluir outros temas, valorizam-se as contribuições que tratem das seguintes questões:

  • Qual o tratamento mediático dado à saúde e à doença?
  • Como se representam as diferentes doenças nos meios de comunicação?
  • Que diferenças culturais estão envolvidas no discurso mediático em torno da saúde e da doença?
  • Que imagem oferecem os meios de comunicação das pessoas com alguma incapacidade?
  • Poder, gestão do conhecimento e tomada de decisões. Como se articulam na interação médico-paciente?
  • O discurso das campanhas sanitárias: Ideologia e construção de públicos.
  • O valor das narrativas pessoais para a re-definição da doença e na construção da identidade.
  • Haverá diferenças de género identificáveis nas narrativas da doença?
  • Como evoluiu o papel do doente em função dos novos discursos desenvolvidos na internet sobre saúde e doença?

O debate do seminário articula-se em torno destas e outras questões que surjam no decorrer da discussão.


Simposium584Seminário 4: Discurso, multilinguismo e migrações
Coordenação: Clara Keating, Susana Martínez Guillem e Mohamed El-Madkouri

O objetivo deste seminário é analisar os discursos de e sobre as migrações e as situações de multilinguismo associadas à mobilidade e aos movimentos transnacionais contemporâneos. De uma perspetiva interdisciplinar, abordam-se questões como as ideologias e políticas linguísticas, os regimes linguísticos e sociolinguísticos, a distribuição e a legitimação/deslegitimação do multilinguismo, as relações entre as línguas locais e línguas de mobilidade ou migração. Pretende assim, dar conta tanto das representacões de migrações e mobilidades, línguas e coletivos migrantes no espaço público como das práticas linguísticas concretas em espaços sociais e institucionais, dentro e fora das sociedades de acolhimento.

Sem excluir outros temas, valorizam-se as comunicações que abordem as seguintes questões:

  • Que  representações discursivas e práticas linguísticas surgem como consequência de novos movimentos migratórios e de outros fenómenos associados às novas economias?
  • Que valores e ideologias agem no reconhecimento, investimento em e na gestão dos repertórios multilingues de falantes em mobilidade e quais as implicações sociais para estes falantes e seus colectivos?
  • Como contribuem as práticas comunicativas e linguísticas na articulação entre falantes em situação de migração ou mobilidade e as redes sociais e organizações formais e informais de apoio?
  • Como as temporalidades dos movimentos migratórios (se de curta, média ou longa duração) afetam a organização dos regimes de multilinguismo e como estes se negoceiam em espaços concretos de ação?
  • Como a interação entre língua, raça/etnia, classe, género, religião ou nacionalidade afeta os regimes de multilinguismo?

O debate do seminário articula-se em torno destas e outras questões que surjam no decorrer da discussão.


Simposium584Seminário 5: Discurso e sociedade
Coordenação: Gloria Álvarez Benito e Carmen Gregori-Signes

Este seminário tem temática aberta. Nele se reunirão aquelas contribuições que abordem temas relativos ao campo dos estudos sobre Discurso e Sociedade, tais como discurso e meios de comunicação, discurso político, discurso e educação, entre outros. O objetivo do seminário é partilhar as linhas de investigação, as propostas de análise e as perspetivas mais relevantes para os temas abordados.

Attachments:
Download this file (EDiSo_2014_ENVIO_DE_RESUMOS_PORT.pdf)ENVIO DE RESUMOS[ ]149 kB